quarta-feira, 20 de outubro de 2010

SÓ TINHA DE SER COM VOCÊ

Tem certas canções que se deve tocar só uma vez. Tocar para uma só pessoa.
Tem certos momentos que só acontecem só uma vez. Com uma certa pessoa.
Há partes guardadas que só se acessam uma vez - por uma pessoa.
Há portas fechadas que só se abrem uma vez - por aquela pessoa.
Não adianta fazer repetir a música que o som não acontece. Não adianta ir ao mesmo lugar que o momento não se repete. Não adianta se dar de outras maneiras, nem entrar pelas janelas que não se repetem as pessoas, nem se escancaram os caminhos da alma.
A música - havia de ser pra você.
O momento - havia de ser com você.
As partes de mim guardadas - haviam de ser pra você.
As portas fechadas - haviam de te deixar entrar.
Se assim não fosse, não haveria mais azul-céu, não existiria mais paz-teus braços, não seria amor-seu cheiro. Só haveria céu, braços e cheiros. Só seriam mais azuis, paz e amores. Mas sem você nada disso se especializaria em mim.
Você que me conhece e quer mais me saber, entende que sempre fui sua e tudo isso havia de ser pra você.

{texto suspirado na música "Só tinha de ser com você", Tom Jobim}

2 comentários:

Keury disse...

Sâmia, querida cada vez que leio as linhas e entrelinhas dos seus textos sinto e profundo o mais puro de todos os sentimentos. Toca, e acalenta...
Adoro esse Blogg.
PERFECT!

Sâmia. disse...

Keury,

Nossa, que surpresa boa! Eu nem imaginava que você também lia estas minhas palavras. Fiquei feliz em saber que os textos tocam seu coração.
Se sinta à vontade para ler e comentar o quanto quiser, viu? Se quiser indicar, também, pode fazê-lo.

Um abraço caloroso!
Sâmia